domingo, 15 de dezembro de 2013

MINERAL

VERMICULITA



Grupo dos silicatos. (MgFeAl)3(AlSi0)4O10(OH)2.4H2O. Cristalografia: monoclínico, classe prismática. A vermiculita é um mineral semelhante à mica, formado essencialmente por silicatos hidratados de alumínio e magnésio. Quando submetida a um aquecimento adequadro à água contida entre as suas milhares de lâminas se transforma em vapor fazendo com que as partículas explodam e se transformam em flocos sanfonados. Cada floco expandido aprisiona consigo células de ar inerte, o que confere ao material excepcional capacidade de isolação. O produto obtido é inífugo, inodoro, não irrita a pele, é isolante térmico e absorvente acústico. Não se decompõe, deteriora ou apodrece. Não atrai cupins ou insetos. Somente atacado por ácido fluorídico a quente. Pode absorver até 5 vezes o seu peso em água, é lubrificante e tem as características necessárias aos materiais filtrantes. Composição química: 14,39% MgO, 43,48% Al10O3, 12,82% FeO, 11,92% SiO2, 17,87% H2O. Hábito: micáceo. Dureza: 1,5. Densidade: 2,3. Clivagem: perfeita. Fratura: desigual, ausente. Brilho: sedoso a perláceo. Cor: branco, amarelo, marron, dourado. Utilizado nas áreas da construção civil, indústria e agricultura. Ocorre em contato com rochas intrusivas ácidas, básicas e ultrabásicas. Formado pela alteração de biotita, flogopita e clorita. A foto de cima é a vermiculita natural. A foto abaixo é a vermiculita expandida. Amostras extraídas em Sanclerlândia, Goiás, pela mineradora Brasil Minérios Ltda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário