sábado, 18 de outubro de 2014

MINERAL

LEPIDOLITA
Um fluossilicato de potássio, lítio e alumínio. K2Li3Al3(AlSi3O10)2(O,)OH,F)4. Sistema cristalino: monoclínico – prismático. A lepidolita faz parte do grupo das micas. Os cristais de lepidolita são raros. Os cristais apresentam-se, usualmente, em placas pequenas ou prismas com contorno hexagonal. Também em agregados de escamas de granulação grossa a fina. Aspectos diagnósticos: caracterizada principalmente por sua clivagem micácea e, usualmente, por sua cor que vai do lilás ao róseo e branco acinzentado. Dureza: 2,5 a 4. Densidade: 2,8 a 3. Brilho: perláceo. Diafaneidade: translúcido a opaco. Clivagem: perfeita. Fratura: desigual. Traço: branco. Hábito: micáceo.  Composição química: K2O 12,13% + Li2O 7,70% + Al2O3 13,13% + SiO2 61,89% e H2O 2,32%. Ocorrência: formado por processos magmáticos. É encontrado principalmente em agregados graníticos ou pegmatitos. Ocorre associado com outros minerais portadores de lítio, como o espodumênio. Uso: uma fonte de lítio. Usado na fabricação de vidro, cerâmica, bateria. Nome: derivado de uma palavra grega significando escama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário