segunda-feira, 26 de agosto de 2013

MINERAL

ÁGATA

Óxido de silício. SiO2. Sistema cristalino: hexagonal (trigonal). As ágatas são calcedônias zonadas, formadas pela sucessão de camadas de cores diferentes. As camadas ou listas paralelas, são finas, delicadas, retas, usualmente curvas e em algumas espécies, concêntricas. As faixas ocorrem numa mesma cor ou são multicoloridas. No interior central podem acontecer cristalizações de quartzo e até geôdo. As ágatas são rochas ígneas. Dureza: 7. Densidade: 2.60. Clivagem: não há. Fratura: concoidal. Traço: branco. Transparência: translúcido a opaco. Cores: avermelhada, acinzentada, azulada e amarronzada. Podem apresentar opalização e palidez em alguns exemplares. Esta ágata da foto é apreciada e admirada por colecionadores como ágata “temática”, por apresentar figuras e desenhos naturais e incomuns na superfície. Por apresentar o exterior brilhante, polida e conservada (parecendo envernizada) e não oxidada, são oriundas do fundo de rios. Pode-se tingir a ágata de qualquer cor, por processos químicos ou térmicos. Ocorrem em Uberaba e Frutal em Minas Gerais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário