sábado, 20 de setembro de 2014

MINERAL

PERIDOTO
Olivina e também crisólita. Silicato de ferro e magnésio. SiO4. Sistema cristalino: ortorrômbico. O peridoto tem as cores verde-oliva (daí o nome), verde-amarela e acastanhada. Encontra-se, principalmente, nas rochas ígneas, ferro-magnesiana, escuras, como o garbo, o peridotito e o basalto. Uma rocha conhecida como dunito é constituída quase inteiramente de olivina. Encontrada também em grãos cristalinos, vítreos, em alguns meteoritos. Morfologia: em agregados granulares, soltos um dos outros e de pequenas dimensões. Fusibilidade: infusível. Brilho: vítreo e graxo. Dureza: 6,5 a 7. Densidade: 3,35. Traço: branco. Clivagem: imperfeita. Fratura: concóide, frágil. Diafaneidade: transparente a translúcida. Origem: rochas magmáticas. Foi utilizada como gema desde os tempos antigos, no oriente. Hoje é encontrada em Mianmar, Austrália e Brasil. Também nas lavas do Vesúvio e nos aluviões do Triângulo Mineiro em Minas Gerais. Peridoto é um nome antigo e olivina o atual. É uma gema preciosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário