sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

MINÉRIO

LIMONITA

Óxido de ferro hidratado (ferro pardo), sem estrutura cristalina interna, amorfo. Fe(OH)3nH2O. Sistema cristalino: ortorrômbico. A limonita não é um mineral, mas uma mistura de diversos óxidos de ferro, entre os quais a goethita e a lepidocrocita. Por esta razão a limonita é considerada uma rocha. A limonita é uma rocha secundária que se forma por alteração de outros minerais preexistente, obviamente de ferro. Aspecto e características: nunca cristaliza e se apresenta em forma terrosa, esponjosa, compacta, concrecionada, estalactita, mamelonar, botroidal ou pisolítica. Origem: rocha sedimentar. Diafaneidade: opaco. Fratura: concoidal, terrosa. Clivagem: não apresenta. Densidade: 2,70 a 4,30. Dureza: 4,5 a 5,5. Cor: amarelado, amarronzado e negro de ferrugem. Risco: amarelado ou amarronzado. Brilho: terroso, nacarado e fosco. Geralmente contém de 40 a 66% de ferro. O nome vem do grego, leimon = pântano, indica o ambiente que origina esta rocha, denominado de ferro de pântano. Uso: menos como minério de ferro, pigmentos, revestimento e construção civil. As amostras em tela são limonitas aglomeradas com cascalhos cristalinos. A especíme menor é ferromagnética. Esta rocha é conhecida na região de Uberaba MG, como Tapiocanga. Esta Igreja de São Domingo (em Uberaba) foi construída em 1.899 pelos Dominicanos com rocha Tapiocanga, uma rocha que é minério de ferro.

8 comentários:

  1. muito bom, foi muito util.
    Pro Ari Mai

    ResponderExcluir
  2. Eu achei uma mas egrande e muito interesanti nunca tia visto este tipo de pedra ela tem muitas misturas mas e muito pesadas tem roxo tem cores diferentes e ela parese um cupim

    ResponderExcluir
  3. Eu achei uma mas egrande e muito interesanti nunca tia visto este tipo de pedra ela tem muitas misturas mas e muito pesadas tem roxo tem cores diferentes e ela parese um cupim

    ResponderExcluir
  4. ATENÇÃO: Temos visto que muitas pessoas tem PEDRAS, OURO E JOIAS e não sabem o seu tipo, valor e nem para quem vender os mesmos.
    Assim, se precisar podemos te ajudar a IDENTIFICAR e também em VENDER o que possui pelo melhor valor.
    Entre em Contato por e-mail: cristaisbrasileiros@gmail.com ou Whats: (054)99627-6129.

    ResponderExcluir
  5. Olá Professor, Lauro Juarez! tenho uma propriedade no Norte de Minas, com um grande aglomerado de tapiocanga, mas me intriga sua superposição sobre alguns quatzos de relativa clareza e volume, como isso é possível?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá bom dia: meu nome é Flavio Franco De Santana: a origem deste material está mau estudado, observa se seu material está próximo a uma lagoa ou como se diz um resfriado:agora observe se a pedra principal está para o lado que o sol nasce .se quiser saber mais sobre isso me ligue (64)99992-5190

      Excluir
    2. Este material tem origem extraterrestre ele é formado na explosão de buraco negro (eles lanção jatos de argila no universo)
      Quando atingiu a terra em contato com a atmosfera foi super aquecido ,a parte da frente sofreu mais com o atrito ficando assim mais fundido.
      Elas são responsáveis pela mudança de sentido de rotação da terra.
      Elas são bem grandes e aponta o sentido da maioria dos impactos, que é a direção de que o sol nasce .
      Visto que o sol está parado a terra foi empurrada e está nesse sentido até os dias de hoje.

      Excluir
  6. Enviei um e-mail, mas vocês não respondem!

    ResponderExcluir